segunda-feira, 2 de outubro de 2017

Máscara peel-off natural de carvão vegetal

Andava há uns tempos para experimentar fazer esta máscara de carvão, porque além de ser óptima para limpar e purificar a pele, o facto de se retirar inteira, como se tivéssemos a puxar a pele quando está a cair (prazeres estranhos!), dava-lhe um ar ainda mais apetecível. Há por aí mil e uma receitas caseiras deste tipo de máscaras, mas que são feitas com cola. Existem também marcas que vendem esta máscara já pronta ou quase pronta, para se finalizar em casa.

Se há coisa que me recuso por na pele é cola ou ingredientes que desconheço ou que sei que são prejudiciais. Por isso, aprofundei as pesquisas e como sempre, existem alternativas bem mais saudáveis e naturais e, neste caso, o elemento agregador desta máscara é gelatina neutra em pó.

Os ingredientes são fáceis de encontrar e a máscara prepara-se em modo zip-zip-zup, muito rápido. O carvão vegetal activado ajuda a limpar e purificar a pele, eliminando as impurezas e a gordura excessiva. A gelatina é o elemento agregador, que permite criar um liquido pastoso, que irá criar uma película na pele que, depois de seca, se consegue retirar, "pelando" a máscara e trazendo consigo pontos negros (cravos em português do Brasil) e também, pelos e uma data de porcarias agarradas.
Ingredientes (para 1 pessoa):
1 colher de chá de carvão vegetal activado
2 colheres de chá de gelatina em pó neutra
1 gota de óleo essencial de menta (opcional)
água a ferver q.p. (4 a 6 colheres de sopa)
Numa taça, mistura-se o carvão vegetal com a gelatina, junta-se a água a ferver aos poucos, mexendo sempre para não ganhar grumos. A mistura tem que ficar lisa e líquida, mas com alguma consistência. De início deixei-a demasiado pastosa e nem estava a conseguir aplicar porque começava logo a secar e a ficar muito densa, juntei água a ferver e resolveu. Deixando a máscara mais líquida, aplicam-se várias camadas, pois será mais fácil para tirar a máscara de forma integral, pois se ficar uma camada fina irá "partir-se".
A máscara aplica-se na pele limpa. Devem evitar-se as zonas onde não queremos arrancar pelos/cabelos, porque saiem todos! Para aplicar usa-se um pincel de silicone ou um pincel firme e largo para aplicação de máscaras. Depois de aplicar a máscara, espera-se até secar por completo e se sentir a pele a repuxar, sente-se a partir, torna-se difícil sorrir, mas é normal! No meu caso demorou 20 minutos.
Depois começa-se a enrolar e puxar a máscara aos poucos, debaixo para cima. Infelizmente tive um episódio em casa e tive que tirar a máscara à pressa, por isso, não saiu inteira. Mas dá para ver bem a porcaria que saiu! Incrível. A pele fica um pouco avermelhada, mas bonita, limpa e uniforme. Da próxima vez, que será só daqui a um mês, vou aplicar vapor na cara para abrir mais os poros e só depois aplico a máscara.
De seguida, apliquei um tónico (hidralato de tea tree) e o meu creme "Oh Cara Linda!" da Handmade by ANIS e a pele ficou super suave e bonita, de início um pouco avermelhada tipo escaldão no Hawaii, mas após um par de horas já estava normal.

Não recomendo esta máscara a quem tenha uma pele muito sensível ou reactiva, nem a alguém com alergia aos componentes indicados.

Ficaram com vontade de experimentar? Então depois venham contar como foi!

3 comentários:

Ana disse...

hmm, boa boa! Adorei este post, obrigado pela partilha Ana.
Estou eu aqui a pensar...quem aplica cola (sabendo que é cola!) na pele!? :O
Medo! :)

Franciana Brito disse...

Que linda você Ana e que generosidade sua compartilhar essa receita. Obrigada

Inês Fevereiro disse...

Ola! Onde aconselha comprar o carvão vegetal em po? Ha alguma marca de maior confiança? Grata :)