quarta-feira, 10 de novembro de 2010

A primeira...



... que fiz! É uma capa de fralda de malha polar, que se usa por cima das fraldas de pano, para não molhar a roupa. Tamanho: XS

4 comentários:

Cupcake disse...

Muito bom!
Ando-me a preparar para o dia-a-dia de mudar fraldas.
E tenho uma questão e ando-me a debater com ela.
Talvez me possas ajudar.
Eu sei que as fraldas descartáveis ficam mais baratas e são mais ecológicas.
As minhas questões são:
- É práctico?
- Não são muito difíceis de lavar? (a minha mãe conta que era muito difícil lavar as minhas).
- Nas escolas como é que lidam com isso?

Ana C. disse...

Olá Cupcake!
Imagino que querias dizer que as fraldas de pano são mais económicas e ecológicas? E são mesmo! Económicas para a carteira e para o ambiente, (ecológicas) - sai o planeta a ganhar! Além do mais é MUITO mais saudável para a pele do bebé.
Não dá tanto trabalho assim, em vez de por a fralda no lixo, ponho num balde plástico com tampa, quando está cheio despejo na máquina e a máquina lava - sim! É a máquina que lava :-) depois estendo-as (de preferência ao sol, para eliminar as manchas amarelas de cocó - não é preciso esfregar, nem por a corar, nem nada), apanho-as e arrumo na gaveta. Se tivermos em consideração que cada fralda descartável demora entre 300 a 500 anos a decompor-se... dá que pensar, não é?
Além do mais, podes poupar imenso se fizeres as tuas próprias fraldas e capas - isso é que compensa! Ate dá para reciclares roupa/toalhas para fazeres as fraldas. Fica atenta, porque vão haver umas surpresas em breve sobre isto, ok?
Quanto às creches, não tenho experiência, mas conheço algumas pessoas que têm e o feedback é positivo, em vez de deitarem as fraldas para o lixo, colocam dentro de um saco impermeável e ao final do dia trazes para casa.
Beijo, Ana

ps - ah... não se engomam as fraldas nem se usam amaciadores pois diminuem a absorção das mesmas e também não se usa lixívia. Apenas um detergente para roupa de bebé, de preferência ecológico ou até as nozes de lavagem, por exemplo.

Cupcake disse...

Sim queria dizer que são as de pano são mais baratas. :)
Estou quase, quase convencida. ;)
Fico à espera das novidades.
Obrigada pela ajuda.

Wild Thing disse...

No enxoval do Santiago já estão lá guardadas umas quantas fraldas de pano. Confesso que são daquelas mais modernas que se vendem agora pelas feiras de puericultura. Mas é um comesso e uma preocupação. Pergunto eu se em vez de se comprar aquele rolo de "papel" que se coloca no centro da fralda para não deixar os cócós em contacto com a fralda, não dará para substituir por outro tipo de material? Aquilo é caro também e se nos descuidamos gastamos imenso.
Levo esta questão hoje para a caminhada ;)